Statue of Liberty

A Liberdade Iluminando o Mundo, mais conhecida como Estátua da Liberdade, está na entrada do porto de Nova Iorque desde 28 de outubro de 1886, sendo reconhecida em todo o mundo como um símbolo dos Estados Unidos. Foi um presente dos franceses para os americanos quando estes venceram uma batalha contra a Inglaterra. Projetada e construída pelo escultor alsaciano Frédéric Auguste Bartholdi (1834-1904), que usou sua mãe como modelo. Para a construção da estrutura metálica interna da estátua, Bartholdi contou com a assistência do engenheiro francês Gustave Eiffel (mesmo projetista da Torre Eiffel).

A estátua mede 46,50 metros (92,99 m contando o pedestal). Apenas seu nariz mede 1,37 metro. Pesa 158 t repartidas no esqueleto de aço (127 t) e na estátua de cobre (31 t) e veio da França desmontada em 214 pacotes, é a escultura mais pesada do mundo com 225 toneladas segundo o Livro Guinness dos Recordes e, ficou entre os semi-finalistas do concurso das sete maravilhas do mundo moderno.

São 167 degraus de entrada até o topo do pedestal. Depois são mais 168 degraus até a cabeça. Por fim, outros 54 degraus levam à tocha.

Frase escrita no pedestal antigamente: Venham a mim as massas exaustas, pobres e confusas ansiando por respirar liberdade. Venham a mim os desabrigados, os que estão sob a tempestade. Eu os guio com minha tocha.

Foi um presente dado por Napoleão III, como prémio aos Estados Unidos após uma batalha vencida contra a Inglaterra.

O historiador francês Edouard de Laboulaye foi quem primeiro propôs a ideia do presente, e o povo francês arrecadou os fundos para que, em 1875, a equipa do escultor Frédéric Auguste Bartholdi começasse a trabalhar na estátua colossal.

O projeto sofreu várias demoras porque naquela época não era politicamente conveniente que, na França imperial, se comemorassem as virtudes da ascendente república norte-americana. Não obstante, com a queda do Imperador Napoleão III, em 1871, revitalizou-se a idéia dum presente aos Estados Unidos. Em julho daquele ano, Bartholdi fez uma viagem aos Estados Unidos e encontrou o que ele julgava ser o local ideal para a futura estátua – uma ilhota na baía de Nova Iorque, chamada Ilha da Liberdade (conhecida como ilha Liberty desde 1956).

Cheio de entusiasmo, Bartholdi levou avante seus planos para uma imponente estátua. Tornou-se patente que ele incorporara símbolos da Maçonaria em seu projeto – a tocha, o livro em sua mão esquerda, e o diadema de sete espigões em torno da cabeça, como também a tão evidente inspiração ligada à deusa Sophia, que compõem o monumento como um todo. Isto, talvez, não era uma grande surpresa, visto ele ser maçom. Segundo os iluministas, por meio desta foi dado “sabedoria” nos ideais da Revolução Francesa. O presente monumental foi, portanto, uma lembrança do apoio intelectual dado pelos americanos aos franceses em sua revolução, em 1789.

4 responses to “Statue of Liberty

  1. é tao giro o cristo rei…

  2. sou tao estupida noa é o cristo rei é a estátua de liberdade

  3. hj na escola é q foi uma choradeira total… ms eu n dvia tr a flr nissu pk eu fui a q churou +…

    Eu cou uma chorareira n sou?(rspond nu meu hi5)!

    bjo* Adrt…Boas férias!

    */*/*saudades*/*/*

  4. marcelu só agr e q reparei q eu sou tao importante q tou au pé da estatua da liberdade!xD
    bjo*

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s